quinta-feira, 12 de julho de 2018

A prefeitura de Tuparetama recebeu do Governo do Estado uma Ação de Combate à Violência Contra as Mulheres, nesta quinta-feira (12)

📷  Luzinete Souza, Assistente da Coordenadoria da Diretoria da Mulher de Tuparetama, Roseane Gomes, secretária de Assistência Social de Tuparetama, Marília Correia, Coordenadora Regional da Secretaria da Mulher do Estado de Pernambuco, Aline de Souza, Coordenadora da Diretoria da Mulher de Tuparetama e Luzia de Lima, Coordenadora do Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) da Secretaria de Assistência Social de Tuparetama, em 12 de julho de 2018 (Foto: Fábio Rocha).

Por Fábio Rocha Assessor de Imprensa do Governo Municipal de Tuparetama

A prefeitura de Tuparetama através da Coordenadoria da Diretoria da Mulher do Município ofereceu à Secretaria de Assistência Social de Tuparetama a Ação de Formação da Rede de Combate à Violência Contra as Mulheres, nesta quinta-feira (12). Esta ação está sendo desenvolvida por a Coordenadoria Regional da Secretaria da Mulher do Estado de Pernambuco para integrar e qualificar a rede de combate à violência contra a mulher no estado.

“Para poder unir a rede, para poder fortalecer a coordenadoria da mulher no estado”, disse a orientadora desta ação, Marília Correia, Coordenadora Regional da Secretaria da Mulher do Estado de Pernambuco. Esta ação foi realizada no Centro de Referência de Assistência Social de Tuparetama, na Rua Farmacêutico Aleixinho, nº 5, no Bairro do Centro, em Tuparetama.

Segundo Marília, esta ação apresentou os pontos de apoio que o governo do estado oferece ao município, entre estes, as Casas de Abrigo, o 190 Mulher e a integração com as polícias civil e militar, no combate à violência contra a mulher. “Para auxiliar na aplicabilidade da Lei Maria da Penha”, disse Marília.

De acordo com a Coordenadora da Diretoria da Mulher de Tuparetama, Aline de Souza, um ponto importante desta ação foi esclarecer os procedimentos a serem tomados ao receber uma mulher agredida. “Acatar as denúncias e levar às delegacias e ao Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS)”, disse Aline.

Veja mais fotos abaixo:

📷 Participantes da Ação de Formação da Rede de Combate à Violência contra as Mulheres, em 12 de julho de 2018 (Foto: Fábio Rocha).