sexta-feira, 17 de agosto de 2018

A prefeitura de Tuparetama realizará o dia D da Campanha Nacional de Vacinação contra a Poliomielite e o Sarampo, no sábado (18)

📷 Renato Farias, Coordenador do Programa Nacional de Imunização (PNI) da Secretaria de Saúde de Tuparetama, Elizabeth da Silva, secretária de Saúde de Tuparetama e Tamires Bezerra, Apoiadora Institucional da Atenção Básica da Secretaria de Saúde de Tuparetama, 17 de agosto de 2018 (Foto: Morgana da Silva).

Por Fábio Rocha Assessor de Imprensa do Governo Municipal de Tuparetama

A prefeitura de Tuparetama através da Secretaria de Saúde do Município vai realizar, no sábado (18), o dia D de mobilização da Campanha Nacional de Vacinação Contra a Poliomielite e o Sarampo. Estas vacinas estão sendo oferecidas nos Postos de Saúde Sede, José Luciano de Lima e no do Bairro Bom Jesus, das 7hs às 16hs. No Posto de Saúde do Distrito de Santa Rita estas vacinas estão sendo oferecidas das 7hs às 13hs.

Esta campanha está vacinando crianças de 1 ano até 4 anos, 11 meses e 29 dias. A Campanha Nacional de Vacinação Contra a Poliomielite e o Sarampo está sendo realizada até 31 de agosto. “É necessária a vacina em virtude do surto que teve de sarampo no Brasil e na nossa área”, disse Elizabeth da Silva, secretária de Saúde de Tuparetama.

Segundo Renato Farias, Coordenador do Programa Nacional de Imunização (PNI) da Secretaria de Saúde de Tuparetama, estas crianças devem tomar 2 doses desta vacina. “Estas crianças a partir de 1 ano a menores de 5 têm que tomarem de novo 30 dias depois”, disse Renato.

De acordo com Renato, a X Gerência Regional de Saúde (GERE) de Afogados da Ingazeira fez um alerta para a suspeita de 1 caso de sarampo. Esta GERE está responsável por os município de Afogados da Ingazeira, Brejinho, Carnaíba, Iguaraci, Ingazeira, Itapetim, Quixaba, Santa Terezinha, São José do Egito, Solidão, Tabira e Tuparetama. “A X GERE está com um caso suspeito de sarampo no município de Solidão”, disse Renato.

A Secretaria de Saúde de Tuparetama está atualizando estas vacinas das pessoas de todas as idades. Quem ainda não tomou nenhuma dose tendo de 2 a 29 anos, ou tomou a 1º e falta tomar a 2ª, deve atualizar a carteira de vacinação.

As pessoas que têm de 30 a 49 anos tomam uma dose única destas vacinas. A última campanha para estas pessoas foi realizada em 2008. Nesta foi colocado um selinho na carteira de identidade das pessoas vacinadas. O adulto que não tenha recebido a vacina na campanha de 2008 deve tomar a dose única agora.